0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- Filament.io 0 Flares ×

Uma viagem no tempo e na história…

Na Casa Manuel Espregueira e Oliveira poderá fazer uma viagem no tempo e na história.

Conheça a arquitectura original de uma casa abastada do século XIX: os pavimentos cerâmicos, os azulejos artesanais, o soalho, as madeiras, as paredes e os tetos ornamentados.

Imagine as vivências da casa e dos seus frequentadores nos séculos XIX e XX, incluindo alguns dos políticos e homens da arte e da cultura vianense e portuguesa.

Na cidade e na região poderá descobrir séculos de tradições, de artesanato, de património, de identidade.

Descubra a ancestral relação da casa com a produção agro-pecuária do mundo rural, onde eram produzidos os alimentos que a abasteciam, e que atualmente inspira os sabores que colocamos à sua mesa.

Suba à Serra de Santa Luzia no histórico funicular / elevador, um dos mais notáveis do país, e revisite a cultura castreja e a origem dos primeiros povos neste território, na citânia com o mesmo nome.

Não perca a oportunidade de fotografar 360º de paisagem deslumbrante, no Zimbório do Templo de Santa Luzia. Em Novembro de 1927 a geógrafa e cronista da “National Geographic” Harriet Adams classificou a paisagem para a cidade de Viana do Castelo como a terceira mais bela do mundo.

Perca-se de amores pelas ruas e vielas, visite o Museu do Traje e do Ouro e sinta toda a história do artesanato vianense.

Visite o Museu de Artes Decorativas e conheça o espólio original da casa (mobiliário, faianças, obras de arte), doado à cidade pelos beneméritos Luíz Augusto de Oliveira (1851-1927), grande colecionador de arte, e seu filho, Manuel Espregueira de Oliveira (1888-1953) e a importância de ambos na história da cidade.

Descubra os jardins históricos da cidade, as transformações das duas últimas décadas e as obras de reconhecidos autores da arquitectura contemporânea portuguesa.

Na Páscoa, aproveite para conhecer melhor os nossos rituais de fé e o valioso património religioso.

Em Maio, deixe-se encantar pelas minuciosas pétalas dos cestos floridos da Festa das Rosas, em Vila Franca.

Em Junho, os caminhos da fé convidam-no a acompanhar a Peregrinação ao Sagrado Coração de Jesus, em Santa Luzia, evento que se realiza anualmente desde 1921.

No Verão, navegue no Rio Lima, experimente as praias de qualidade a poucos quilómetros e, em Agosto, assista à maior Romaria de Portugal, as Festas da Senhora d’Agonia.

Nas Terras de Geraz, sinta a herança das comunidades megalíticas e dos povos romanos, bem como a deslumbrante paisagem onde é produzido o vinho verde, o primeiro vinho português a ser exportado para Inglaterra, a partir da barra de Viana do Castelo, no século XVIII.

Participe na vindima e encante-se pelo processo produtivo de uma produção de vinhos da região.

Descubra a secular tradição marítima e comercial da cidade, de onde partiam navegadores, comerciantes e investigadores à procura de novas rotas comerciais.

Depois da descoberta do caminho marítimo para a Índia, a cidade tornou-se no ponto de entrada na Europa de especiarias, sedas, porcelanas e outros produtos do Oriente. Também daqui foi exportado, pela primeira vez, Vinho do Porto para Inglaterra, no século XVII.

Ao pôr-do-sol, relaxe no jardim, na varanda interior ou na sala de chá, com vista para o Monte de Santa Luzia.

No outono, reviva a tradição do magusto de São Martinho e das castanhas assadas numa fogueira.

Delicie-se com a nossa gastronomia e a enologia de qualidade e assista a um concerto ou a uma peça de teatro.

Ao longo do ano, o mar, as freguesias rurais e as suas festividades, os núcleos museológicos e o turismo de natureza esperam por si!

No inverno, sinta o aconchego da lareira acesa no regresso a casa.